1 - Henrique Magalhães fundador da Casa da Mãe Pobre

1 - Henrique Magalhães fundador da Casa da Mãe Pobre

\\\\\\“Compreendi o quanto estava distanciado de Jesus e de Deus, aprisionado no egoísmo…”\\\\\\ (Henrique Magalhães) Continue Lendo »

2 - Alan Kardec

2 - Alan Kardec

\\\\\\\"Você receberá, de retorno, tudo o que der aos outros, segundo a lei que nos rege os destinos.\\\\\\\" Allan Kardec Continue Lendo »

3 - Emmanuel e Chico Xavier

3 - Emmanuel e Chico Xavier

\\\\\\\"A humildade não está na pobreza, não está na indigência, na penúria, na necessidade, na nudez e nem na fome. A humildade está na pessoa que tendo o direito de reclamar, julgar, reprovar e tomar qualquer atitude compreensível no brio pessoal, apenas abençoa.\\\\\\\" (Emmanuel e Chico Xavier) Continue Lendo »

4 - Bezerra de Menezes e Divaldo Franco

4 - Bezerra de Menezes e Divaldo Franco

\\\\\\\"Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.\\\\\\\" (Bezerra de Menezes e Divaldo Franco) Continue Lendo »

5 - Joanna de Ângelis

5 - Joanna de Ângelis

\\\\\\\"A bondade é um pequeno esforço do dever de retribuir com alegria todas as dádivas que o homem frui, sem dar-se conta, sem nenhum esforço, por automatismo - como o sol, a lua e as estrelas, o firmamento, o ar, as paisagens, a água, os vegetais, os animais...\\\\\\\" (Joanna de Ângelis) Continue Lendo »

 

Tag Archives: João de Deus

Fernando de Lacerda – parte II


Capítulo XXV


nbonaparte

Reprodução Web
Napoleão Bonaparte

Às págs. 80 à 84, do vol. I, lemos o seguinte:

Napoleão

13 de novembro de 1906.

“A minha ação na Terra tem sido apreciada de modos bem diversos e quase sempre apaixonados. É natural, é lógico.

Quando alguém consegue sobressair à craveira normal de homem, consegue sempre também levantar em torno de si murmúrios ou rugidos, dedicações sobre-humanas ou ódios eternos.

Eu tive de tudo. Dedicações fanáticas, ódios intransigentes e apaixonados. Os dois sentimentos têm vindo, quase paralelos, desde o meu aparecimento retumbante na cena da vida oficial francesa; e creio que paralelamente hão de seguir até à consumação dos séculos.