Tag Archives: FEB

Zêus Wantuil


 


biografia-dos-grandes-espiritas-do-brasil-zus-wantuil-14191-MLB4337522544_052013-O

Reprodução Web

Nasceu no Rio de Janeiro, às 14 horas do dia 6 de outubro de 1924, e desencarnou na madrugada de 1º de setembro de 2011, aos 86 anos. Após longa e tenaz enfermidade, cristãmente suportada, ex-diretor da Federação Espírita Brasileira (FEB).

Era filho do ex-presidente da FEB, Antônio Wantuil de Freitas, e da professora Zilfa Fernandes de Freitas. Seus primeiros contatos com a Doutrina Espírita se deram por meio de reuniões espíritas semanais, dirigidas por seu pai na casa em que viviam, no mesmo bairro de São Cristóvão.

É no ano de 1940 que passa a frequentar a FEB em sua Sede na Av. Passos, 30. Seu interesse por pesquisas sobre a história do Espiritismo surge em 1942, aos 18 anos, sendo muito incentivado pelo pai e por confrades estudiosos do assunto.

Federação Espírita Brasileira

Federacao_espirita

Reprodução Web
Federação Espírita Brasileira

Apontamentos históricos indicam que a FEB após sua fundação em 2 de janeiro de 1884, passou a funcionar na residência de seu fundador, Augusto Elias da Silva, na Rua da Carioca no 120 (então Rua de São Francisco de Assis), para em seguida começar constante mudança de endereço. Sucessivamente instalou-se na Rua da Alfândega, 153, em 1884; na Rua do Hospício ns. 147 e 102, nos anos de 1886 e 1887; na Rua do Clube Ginástico nº: 17, atualmente Rua Silva Jardim, em 1888.

As mulheres Médiuns


Capitulo XIV


2104484-4717-it2

                   Reprodução Web

Pedimos vênia à Diretoria da FEB para transcrever alguns lances do primoroso livro do escritor, Carlos Bernardo Loureiro “As Mulheres Médiuns”, tendo em vista sua importância literária, que nos mostra o sacrifício de algumas médiuns, de valor incontestável, na época em que o Espiritismo começava a lançar raízes no mundo em que vivemos.

Tomamos a liberdade de recomendar a todos os espíritas conscientes, a leitura desse livro, para tomarem conhecimento do trabalho realizado por nossas irmãs em Humanidade e, se possível, seguirem o seu exemplo.

Além dos nomes mencionados no transcurso deste modesto trabalho, acrescentamos outros, que vêm a seguir.

“A Cabana do Pai Tomás”

sergio cardoso a cabana do pai tomas

       Reprodução Web

Pular para a barra de ferramentas