Viva São Pedro e viva São João na Creche Marieta Navarro Gayo

Viva São Pedro e viva São João na Creche Marieta Navarro Gayo

Por (Eni) A festa junina é uma tradição e faz parte da cultura escolar, anima e promove a socialização entre crianças, famílias e professores. Os 75 alunos da creche Marieta Continue lendo >>>

Viva São João e viva São Pedro na Creche Isabel a Redentora

Viva São João e viva São Pedro na Creche Isabel a Redentora

Por (Eni) Neste clima  de muita descontração, alegria e animação, que as criancinhas  da Creche Isabel a Redentora realizou o Arraiá de São João no ultimo dia 27. “Festas Continue lendo >>>

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Divulgação CMP Por (Eni) Com muitas brincadeiras, músicas, danças e presentes as crianças  das Creches Isabel  “a Redentora”  de Teresópolis e Marieta Navarro Gaio sediada em Rio de Janeiro, foram contempladas Continue lendo >>>

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Divulgação CMP Por (Eni) Com muitas brincadeiras, músicas, danças e presentes as crianças  das Creches Isabel  “a Redentora”  de Teresópolis e Marieta Navarro Gaio sediada em Rio de Janeiro, foram contempladas Continue lendo >>>

Creches realizam festa de encerramento do ano letivo na Casa da Mãe Pobre

Creches realizam festa de encerramento do ano letivo na Casa da Mãe Pobre

Por (Eni)    Com o apoio da Casa da Mãe Pobre, as creches da Instituição Maria de Nazareth realizaram na tarde do dia 8 de dezembro (sábado),  a festa Continue lendo >>>

 

Tag Archives: Estado de São Paulo

Carmine Mirabelli


Capítulo XXIV


c-mirabelli

Foto: Acervo CMP
Carmine Mirabelli

Pelo artigo, publicado na Revista “O Reformador”, do mês de maio de 1991, de autoria de Antônio Lucena, a quem pedimos vênia, bem assim à distinta Diretoria da FEB, para transcrever.

“Chegou a ser internado num manicômio, em Juqueri (SP), para que a ciência médica examinasse sua suposta insânia. Depois de 18 dias de observações, foi declarado, por uma equipe de renomados psiquiatras, perfeitamente são. Os médicos disseram que os fenômenos produzidos por ele eram totalmente autênticos. Diante dessa comprovação, a grande imprensa, como “O Jornal de São Paulo”, “A Gazeta” e o “Estado de São Paulo”, tornou público os fatos inusitados que com ele ocorriam. inúmeros cientistas propuseram-se a fazer experiências científicas sob a direção de médicos, dirigidas pelo Dr. Everardo de Souza.