Tag Archives: Divaldo Pereira Franco

Almoço Beneficente da família solidária na CMP

Foto divulgação acervo CMP


Por (Eni)


O Almoço Beneficente acontecido no último dia 10/4 próximo passado,foi uma extraordinária reunião de famílias de bons coração.  Parodiando alguém em algum lugar  que fez esta citação:  “Ser bondoso é uma maneira vital de dar significado a nossa existência e permite que nos comuniquemos melhor e sejamos mais compassivos, além de uma influência mais positiva na vida dos outros. A bondade vem de dentro e, embora muitas pessoas já nasçam com ela, é possível também cultivar essa qualidade.

A grandeza do mundo está em se reconhecer grato diante da bondade de Deus. Tudo que recebemos nas mãos de Deus é prova do Seu amor e de Sua ternura especial para conosco.”

Nada pode ser mais valioso do que a harmonia de uma família. A Casa da Mãe Pobre sempre foi uma grande família.  O ambiente familiar faz toda diferença na vida das pessoas, sendo determinante na maneira como elas enfrentam a vida. Não se trata de serem sangue do mesmo sangue ou de partilharem, em algum momento, a mesma casa. Mas todos tem algo em comum a CARIDADE.

— A Bondade: é a qualidade moral dos que tem a alma nobre e generosa, como conceitua o dicionário, os preceitos filosóficos e  religiosos.

“O almoço beneficente foi um lindo encontro onde a solidariedade e o amor ao próximo foram as maiores atrações. Cerca de sessenta pessoas estiveram presentes e aproveitaram algumas horas de bom papo e estreitaram os laços de amizade com a Casa da Mãe Pobre.

Tudo começou com uma brilhante palestra do senhor Djalma Santos da Rádio Rio de Janeiro, que dispensa apresentação. Ressaltamos que o mesmo  faz parte, ativamente desde 1972, da Doutrina Espírita. Escritor, radialista, professor, palestrante de temas espíritas e autor de vários livros. A palestra sobre “O Perdão e o Amor ao Próximo”.

Após apresentação oral o nosso conferencista renomado autografou livros de sua autoria para os presentes ao evento.

O almoço foi preparado pelas funcionárias do abrigo e coordenadas pelo Chef Paulinho, que é do nosso “Centro Espírita Doutor João de Freitas”, e que sempre colabora com a sua vasta experiência para que tudo saia da melhor forma possível.

No decorrer do encontro familiar foi sonorizado com a  boa música popular brasileira, sob a responsabilidade de Sérginho Mussi e Francisco Tolipan, músicos da melhor qualidade, que recomendamos.

O Bazar das Vovós foi um sucesso absoluto com a forte participação feminina nas compras.

Em nome da diretoria da Instituição Maria de Nazareth agradeço a presença de todos; e agradecimento especial aos funcionários e voluntários que tanto trabalharam para que pudéssemos alcançar o sucesso do evento, ressalta o Diretor Financeiro Júlio Moreira.

Bendita seja a caridade!



Carnaval

Reprodução


Por Emmanuel / Psicografia de Chico Xavier


Nenhum espírito equilibrado em face do bom senso, que deve presidir a existência das criaturas, pode fazer a apologia da loucura generalizada que adormece as consciências nas festas carnavalescas.

É lamentável que, na época atual, quando os conhecimentos novos felicitam a mentalidade humana, fornecendo-lhe a chave maravilhosa dos seus elevados destinos, descerrando-lhe as belezas e os objetivos sagrados da Vida, se verifiquem excessos dessa natureza entre as sociedades que se pavoneiam com o título de civilização. Enquanto os trabalhos e as dores abençoadas, geralmente incompreendidos pelos homens, lhes burilam o caráter e os sentimentos, prodigalizando-lhes os benefícios inapreciáveis do progresso espiritual, a licenciosidade desses dias prejudiciais opera, nas almas indecisas e necessitadas do amparo moral dos outros espíritos mais esclarecidos, a revivescência de animalidades que só os longos aprendizados fazem desaparecer.

Há nesses momentos de indisciplina sentimental o largo acesso das forças da treva nos corações e, às vezes, toda uma existência não basta para realizar os reparos precisos de uma hora de insânia e de esquecimento do dever.

Enquanto há miseráveis que estendem as mãos súplices, cheios de necessidade e de fome, sobram as fartas contribuições para que os salões se enfeitem e se intensifiquem o olvido de obrigações sagradas por parte das almas cuja evolução depende do cumprimento austero dos deveres sociais e divinos.
Ação altamente meritória seria a de empregar todas as verbas consumidas em semelhantes festejos, na assistência social aos necessitados de um pão e de um carinho.

 

 Pag…  1   3

 



 

 

CONTATO

Entrevista sensacional e maravilhosa de Jô Soares com Divaldo Franco

5277103

Foto Divulgação Gshow.globo.com/


Por (Eni)


Divaldo Franco, é nosso velho conhecido, melhor dizendo, jovem conhecido. Aos 89 anos (5 de maio de 1927) este jovem senhor, esbanja saúde, simpatia, muita alegria e um vasto conhecimento sobre espiritismo.. Os telespectadores assim como eu, devem ter ficados atônito com tanta sapiência.  Uma verdadeira enciclopédia.

Reprodução Web

Divaldo é um verdadeiro “apóstolo do Espiritismo”, com mais de cinquenta anos devotados à mediunidade e a caridade, e mais de sessenta como um importante orador espírita. O maior divulgador da Doutrina Espírita encarnado e o maior orador da Terra atualmente, ele é o embaixador do Espiritismo no Planeta.

Psicografa obras dos espíritos Joanna de Ângelis (sua mentora), Amélia Rodrigues, Victor Hugo, Manoel Philomeno de Miranda, dentre outros. Com suas caridades e devoção tem beneficiando milhares de crianças, doentes e necessitados.

Divaldo Pereira Franco, desde jovem, teve vontade de cuidar de crianças. Educou mais de 600 “filhos”, hoje emancipados, a maioria com família constituída e a própria profissão, no magistério, contabilidade, serviços administrativos e até medicina, tem 200 “netos”. Na década de 60 iniciou a construção de escolas-oficinas profissionalizantes e de atendimento médico. Hoje a Mansão do Caminho é um admirável complexo educacional que atende a 3.000 crianças e jovens carentes, na Rua Jaime Vieira Lima, 01 – Pau de Lima, um dos bairros periféricos mais carentes de Salvador; tem 83.000 m² e 43 edificações. A obra é basicamente mantida com a venda de livros mediúnicos e das fitas gravadas nas palestras.
Vale a pena conferir:



Fonte: Gustavo Marin – Youtube


O Centro Espírita Caminho da Redenção administra, dentre outros, os seguintes órgãos assistenciais:

* Mansão do Caminho (semi-internato para crianças e jovens carentes), fundado em 15 de agosto de 1952;
* A Manjedoura (creche para crianças carentes de 2 meses a 3 anos de idade) ;
* Escola Jesus Cristo (ensino fundamental), fundada em março de 1950;
* Escola Allan Kardec (ensino fundamental), fundada em 1965;
* Escola de Informática;
* Escola de Educação Infantil Alvorada Nova, fundada em fevereiro de 1971 com o nome de Esperança;
* Escola de Evangelização (ensino espírita para público infantil);
* Juventude Espírita Nina Arueira (evangelização e ensino espírita para o público jovem);
* Caravana Auta de Souza (auxilia idosos e pessoas inválidas portadoras de doenças irrecuperáveis e degenerativas);
* Casa de Assistência Lourdes Saad (distribuição diária de sopa e pão);
* Casa da Cordialidade (assiste a famílias carentes);
* Centro de Saúde J. Carneiro de Campos;
* Evangelização Nise Moacyr (evangelização de crianças);
* Grupo Lygia Banhos (esclarecimento e consolo a comunidades carentes);
* Livraria Espírita Alvorada (editora e gráfica).

Bendito seja o Espiritismo!