Tag Archives: Chico Xavier

Casa da Mãe Pobre faz entrega de cestas básicas com festa de Natal

Evento encerra o ano de trabalho que contou com apoio da “Legião e Amigos”, Diretores, colaboradores e funcionários.

Divulgação CMP: Papai Noel o empresário Marcos Roberto


Por (Eni)


Famílias que se encontram em situação de insegurança alimentar e nutricional receberam cestas básicas que são efetuadas mensalmente de forma gratuita há décadas pela Casa da Mãe Pobre, em caráter complementar a pessoas menos favorecidas.

Divulgação CMP: Cestas Básicas para distribuição

A Casa da Mãe Pobre tem a missão de doar aos mais carentes,  ingredientes que lhes faltam para viver uma vida digna e feliz. Este gesto de solidariedade e amor ao próximo conta sempre com o apoio de anônimos, “Legião de Amigos”, de Diretores, colaboradores e funcionários que sempre dão a sua cota de solidariedade.

Casa da Mãe Pobre faz entrega de cestas básicas a assistidos

Divulgação CMP: Júlio Moreira em clima de Natal faz pose com assistidos.


Por (Eni)


Neste sábado (25/11),  a Casa da Mãe Pobre, realizou mais uma distribuição de cestas básicas que acontece mensalmente para as famílias carentes que a Instituição assiste.

Cerca de  55 famílias vulneráveis, no total 183 pessoas assistidas. 

“Já estou me preparando para interpretar o Papai Noel, o bom velhinho e faltando exatamente um mês para o Natal, as pessoas que estiverem em harmonia com o nosso trabalho, e quiserem colaborar, verifiquem junto à Secretaria os itens que estão com maior necessidade, através do link abaixo.

COMO AJUDAR


Contamos com o apoio e a solidariedade de todos para alegrar os festejos natalinos de famílias carentes assistidas por nossas Instituições. Toda ajuda é bem-vinda,” enfatiza Júlio Moreira Diretor Financeiro da Instituição que antecipa agradecimentos por todo e qualquer tipo de doação que possa ser realizada.

Natal do Coração


Chico Xavier – Meimei


Abençoadas sejam as mãos que, em memória de Jesus, espalham no Natal a prata e o ouro, diminuindo a miséria e a necessidade, a fome e a nudez!…

Entretanto, se não forem iluminadas pelo amor que ajuda sempre, esses flagelos voltarão amanhã, como a erva daninha que espreita a ausência do lavrador.

Deixa que a manjedoura de tua alma se abra, feliz, ao Soberano Celeste, para que a luz te banhe a vida.

Com Ele, estenderás o coração onde estiveres, seja para trocar um pensamento compassivo com a palavra escura e áspera ou para adubar uma semente de esperança, onde a aflição mantém o deserto!

Pular para a barra de ferramentas