1 - Henrique Magalhães fundador da Casa da Mãe Pobre

1 - Henrique Magalhães fundador da Casa da Mãe Pobre

“Compreendi o quanto estava distanciado de Jesus e de Deus, aprisionado no egoísmo…” (Henrique Magalhães) Continue Lendo »

2 - Alan Kardec

2 - Alan Kardec

\\\"Você receberá, de retorno, tudo o que der aos outros, segundo a lei que nos rege os destinos.\\\" Allan Kardec Continue Lendo »

3 - Emmanuel e Chico Xavier

3 - Emmanuel e Chico Xavier

\\\"A humildade não está na pobreza, não está na indigência, na penúria, na necessidade, na nudez e nem na fome. A humildade está na pessoa que tendo o direito de reclamar, julgar, reprovar e tomar qualquer atitude compreensível no brio pessoal, apenas abençoa.\\\" (Emmanuel e Chico Xavier) Continue Lendo »

4 - Bezerra de Menezes e Divaldo Franco

4 - Bezerra de Menezes e Divaldo Franco

\\\"Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.\\\" (Bezerra de Menezes e Divaldo Franco) Continue Lendo »

5 - Joanna de Ângelis

5 - Joanna de Ângelis

\\\"A bondade é um pequeno esforço do dever de retribuir com alegria todas as dádivas que o homem frui, sem dar-se conta, sem nenhum esforço, por automatismo - como o sol, a lua e as estrelas, o firmamento, o ar, as paisagens, a água, os vegetais, os animais...\\\" (Joanna de Ângelis) Continue Lendo »

 

Ernesto Bozzano


 


Reprodução Web

ernesto_bozzano

Reprodução Web
Ernesto Bozzano (1862+1943)

Nasceu em 9/01/1862, em Gênova, Itália e desencarnou em 24/06/1943, na mesma localidade. Professor da Universidade de Turim, foi, antes de se converter ao Espiritismo, materialista, céptico, positivista.

Pesquisador profundo e meticuloso, escreveu mais de trinta e cinco obras, todas de caráter científico. Organizador de estudo experimental, com o valioso concurso de 76 médiuns. Elaborou nove monografias inconclusas. Essa a folha de serviço de um dos mais eruditos pensadores e cientistas italianos. Seu nome: Ernesto Bozzano.

Paulo e Estêvão


 


Reprodução Web

Chico_Xavier

Reprodução Web
Chico Xavier

Paulo e Estêvão é uma obra psicografada através da mediunidade de Francisco Cândido Xavier, ditada pelo espírito de Emmanuel em 1942. Esta obra é apresentada como “Episódios Históricos do Cristianismo Primitivo”, que conta o período histórico a partir do ano de 34 d.C. (um ano após a morte de Jesus Cristo) até 67 d.C. (provável ano do falecimento de Paulo de Tarso). O livro traz revelações históricas nunca antes mencionadas, seguindo rigorosamente a ordem cronológica do livro bíblico Atos dos Apóstolos, dando também um sentido mais profundo para as citações pessoais de Paulo em suas Epístolas.

Pular para a barra de ferramentas