1 - Henrique Magalhães fundador da Casa da Mãe Pobre

1 - Henrique Magalhães fundador da Casa da Mãe Pobre

“Compreendi o quanto estava distanciado de Jesus e de Deus, aprisionado no egoísmo…” (Henrique Magalhães) Continue Lendo »

2 - Alan Kardec

2 - Alan Kardec

\\\"Você receberá, de retorno, tudo o que der aos outros, segundo a lei que nos rege os destinos.\\\" Allan Kardec Continue Lendo »

3 - Emmanuel e Chico Xavier

3 - Emmanuel e Chico Xavier

\\\"A humildade não está na pobreza, não está na indigência, na penúria, na necessidade, na nudez e nem na fome. A humildade está na pessoa que tendo o direito de reclamar, julgar, reprovar e tomar qualquer atitude compreensível no brio pessoal, apenas abençoa.\\\" (Emmanuel e Chico Xavier) Continue Lendo »

4 - Bezerra de Menezes e Divaldo Franco

4 - Bezerra de Menezes e Divaldo Franco

\\\"Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.\\\" (Bezerra de Menezes e Divaldo Franco) Continue Lendo »

5 - Joanna de Ângelis

5 - Joanna de Ângelis

\\\"A bondade é um pequeno esforço do dever de retribuir com alegria todas as dádivas que o homem frui, sem dar-se conta, sem nenhum esforço, por automatismo - como o sol, a lua e as estrelas, o firmamento, o ar, as paisagens, a água, os vegetais, os animais...\\\" (Joanna de Ângelis) Continue Lendo »

 

Festa da Rosa

carros_antigos

Reprodução Web


 


Um dos grandes fatores que ajudaram a construção do Hospital da “Casa da Mãe Pobre” foi, sem dúvida alguma, a chamada “Festa da Rosa”.

Essas festas se realizavam da seguinte maneira:

A Instituição comprava um automóvel ou um apartamento em construção e o oferecia como prêmio. Quando a festa estava no seu apogeu, os prêmios eram sorteados. Para esse fim, era chamada uma criança, cuja idade deveria oscilar entre 5 e ,10 anos. Pedíamos a três pessoas presentes para subirem ao tablado a fim de comporem a Comissão Fiscal.

Rádio Rio de Janeiro

posto-seis

                           Reprodução Web


 


Nosso velho amigo e companheiro de lutas redentoras, Geraldo de Aquino, tem um coração enorme. Não sabemos como essa peça anatômica cresceu tanto. Não é elogio, não, pois ele está cumprindo um dever, dever sagrado de todo espírita cristão.

Naquele bom tempo – princípios de 1940 – quando éramos mais moços, encontramo-nos certa feita, na “Hora Espiritualista João Pinto de Souza”, dirigida por seu saudoso fundador. Naquela recuada época, a Hora Espiritualista funcionava na Rádio Copacabana, no Posto Seis da Praia de Copacabana.

Pular para a barra de ferramentas