This is default featured post 1 title

Casa da Mãe Pobre

"Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu; na Terra, porque á sombra desse estandarte eles viverão em paz; no céu, porque os que a houverem praticado acharão graças diante do Senhor".
Saulo de Tarso »

This is default featured post 2 title

Casa da Mãe Pobre

"Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu; na Terra, porque á sombra desse estandarte eles viverão em paz; no céu, porque os que a houverem praticado acharão graças diante do Senhor".
Saulo de Tarso »

This is default featured post 3 title

Casa da Mãe Pobre

"Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu; na Terra, porque á sombra desse estandarte eles viverão em paz; no céu, porque os que a houverem praticado acharão graças diante do Senhor".
Saulo de Tarso »

This is default featured post 4 title

Casa da Mãe Pobre

"Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu; na Terra, porque á sombra desse estandarte eles viverão em paz; no céu, porque os que a houverem praticado acharão graças diante do Senhor".
Saulo de Tarso »

This is default featured post 5 title

Casa da Mãe Pobre

"Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu; na Terra, porque á sombra desse estandarte eles viverão em paz; no céu, porque os que a houverem praticado acharão graças diante do Senhor".
Saulo de Tarso »

Gesto Anônimo

jesus-resurrection1

                                Reprodução Web



Quase sempre quando realizamos algum ato de bondade, esperamos por gratidão. Desejamos que alguém reconheça o nosso ato, que ao menos alguém tenha observado e percebido nosso gesto nobre.

Ou, então, em nossa ânsia de ajudar alguém, deixamos de perceber como a nossa dádiva pode ser embaraçosa para uma pessoa sensível. Ou, ainda, como pode parecer pesado para quem recebe o dever da gratidão.

Dar é um ato de sabedoria. Um escritor inglês fala de uma família mais ou menos próspera, que conheceu certa vez.

Uma tia sua, já idosa, vivia com poucos recursos e, por isso mesmo, com dificuldades. Mas ela alimentava verdadeiro horror a qualquer coisa que pudesse lhe parecer caridade.

Estatuto celebra 10 anos de luta pelos direitos dos idosos

A expectativa de vida no Brasil é cada vez mais alta. Dados do IBGE mostram que o número de pessoas com idade superior a 65 anos deve quadruplicar até 2060. Por outro lado, as denúncias de violência contra pessoas idosas não param de crescer, o que mostra que ainda há muito preconceito e desrespeito pelos mais velhos no país. Para valorizar a terceira idade e lutar por seus direitos, foi criado o Estatuto do Idoso, que completa 10 anos

                                                                             Reprodução Web
                                                        stevenrhazlett/Creative Commons

 

Caridade – Síntese do amor em ação

                                                                      Reprodução Web



Após a morte de Jesus, Simão Pedro foi para Jerusalém e, junto a corações amigos do Amigo que partira, fundou uma casa de assistência.

O seu objetivo era atender aos órfãos, viúvas e doentes. Chamou-a Casa do Caminho. Se o objetivo era nobre e necessário, manter aquele atendimento era bastante difícil.

Os necessitados chegavam todos os dias, batendo àquela porta de misericórdia e poucos eram os recursos.

Por isso mesmo, todas as manhãs, o apóstolo Pedro saía a pedir, em nome do Cristo, batendo às portas de conhecidos e comerciantes. Pedia comida para os seus asilados, roupas, enfim, o que tivessem para lhe ceder.

Powered by WordPress  |  iCommunity theme by FlexiThemes
Pular para a barra de ferramentas