This is default featured post 1 title

Casa da Mãe Pobre

"Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu; na Terra, porque á sombra desse estandarte eles viverão em paz; no céu, porque os que a houverem praticado acharão graças diante do Senhor".
Saulo de Tarso »

This is default featured post 2 title

Casa da Mãe Pobre

"Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu; na Terra, porque á sombra desse estandarte eles viverão em paz; no céu, porque os que a houverem praticado acharão graças diante do Senhor".
Saulo de Tarso »

This is default featured post 3 title

Casa da Mãe Pobre

"Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu; na Terra, porque á sombra desse estandarte eles viverão em paz; no céu, porque os que a houverem praticado acharão graças diante do Senhor".
Saulo de Tarso »

This is default featured post 4 title

Casa da Mãe Pobre

"Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu; na Terra, porque á sombra desse estandarte eles viverão em paz; no céu, porque os que a houverem praticado acharão graças diante do Senhor".
Saulo de Tarso »

This is default featured post 5 title

Casa da Mãe Pobre

"Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu; na Terra, porque á sombra desse estandarte eles viverão em paz; no céu, porque os que a houverem praticado acharão graças diante do Senhor".
Saulo de Tarso »

Leilão do prédio da Rua Frei Pinto nº 16

leilao

                               Reprodução Web


 


O primeiro terreno doado à futura Instituição, com mais de 7.000 metros quadrados, localizado na Rua Hermengarda, Lins de Vasconcelos, foi vendido por determinação do Sr. Homero Henrique Pereira, idealizador do futuro empreendimento. Depois que lhe entregamos a planta do citado terreno, pediu-nos para vendê-lo a fim de, com o resultado, comprar uma casa grande que seria transformada no futuro Hospital da Maternidade. Este acontecimento passou-se em 1936.

Em princípios de 1937, o Sr. Homero embarcou para S. Paulo, para dirigir o setor legal da Companhia Litográfica Ipiranga. Depois de acertar a sua vida naquela grande cidade, veio ao Rio para buscar a esposa e a filhinha.

Departamentos mantidos pela Instituição Maria de Nazareth – Casa da Mãe Pobre

Reprodução

De Casa da Mãe Pobre – Jacarepaguá, RJ, Brasil

 


NO RIO DE JANEIRO

Casa da Mãe Pobre – Rua Frei Pinto, 81

EM TERESÓPOLlS, RJ.

(Em terreno de 53.000 metros quadrados, também próprio).

5 – MANSÁO DOS VELHINHOS E VELHINHAS – Com 50 (cinqüenta) internados.

6 – CRECHE-LAR ISABEL A REDENTORA – Com 45 (quarenta e cinco) crianças.

7 – GRUPO ESCOLAR ISABEL A REDENTORA – Atualmente com 410 (quatrocentas e dez) crianças matriculadas desde o Jardim de Infância até o 49 ano Primário.

Toda a Assistência acima enumerada é oferecida a título gracioso, sem taxas de nenhuma espécie.

CINQÜENTA ANOS DE EXISTÊNCIA.  DE 10 DE NOVEMBRO DE 1940 A 10 DE NOVEMBRO DE 1990., CINQÜENTA ANOS DEDICADOS À ASSISTENCIA!. AS GESTANTES. PARTURIENTES. VELHICE E INFÂNCIA DESVALIDAS.

Homenagem

ri_1

                  Foto: Acervo CMP


 


1. Ao casal: Dona Arda e Homero Henrique Pereira, arquitetos fundadores desta grande Instituição man­ tendo seu ideal por vários anos, até o momento em que um grupo de criaturas irmanadas pelo mesmo ideal, concretizaram o seu sonho dando-lhe vida e movimento.

2. Ao sublimado Espírito Dr. João de Freitas e a todos os seus companheiros do Mundo Maior, pelo seu imenso e continuado concurso em favor da Maternidade “Casa da Mãe Pobre”, cuja extensão e carinho jamais poderemos avaliar.

3. Aos sempre lembrados Espíritos Dr. Bezerra de Menezes e Emmanuel, cujas mensagens nos incentivaram, dando-nos coragem e bom ânimo para o pros­ seguimento da jornada redentora.

Pular para a barra de ferramentas