Creche Isabel a Redentora comemora a chega da estação das flores

Creche Isabel a Redentora comemora a chega da estação das flores

Por (Eni) A primavera é uma estação de muita cor, luz,  alegria e prosperidade. As paisagens enchem-se de cores, deixando ruas, campos, parques e jardins com o aspecto alegre Continue lendo >>>

Semana do Folclore na Creche Marieta Navarro Gayo

Semana do Folclore na Creche Marieta Navarro Gayo

Por  (Eni) O nosso país, é dono de uma riqueza cultural incomparável, graças à mistura entre diferentes etnias dos mais variados povos e culturas. O folclore brasileiro é bem Continue lendo >>>

Viva São Pedro e viva São João na Creche Marieta Navarro Gayo

Viva São Pedro e viva São João na Creche Marieta Navarro Gayo

Por (Eni) A festa junina é uma tradição e faz parte da cultura escolar, anima e promove a socialização entre crianças, famílias e professores. Os 75 alunos da creche Marieta Continue lendo >>>

Viva São João e viva São Pedro na Creche Isabel a Redentora

Viva São João e viva São Pedro na Creche Isabel a Redentora

Por (Eni) Neste clima  de muita descontração, alegria e animação, que as criancinhas  da Creche Isabel a Redentora realizou o Arraiá de São João no ultimo dia 27. “Festas Continue lendo >>>

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Divulgação CMP Por (Eni) Com muitas brincadeiras, músicas, danças e presentes as crianças  das Creches Isabel  “a Redentora”  de Teresópolis e Marieta Navarro Gaio sediada em Rio de Janeiro, foram contempladas Continue lendo >>>

 

Mick Micheyl


Capítulo XIX


TC11-19-2008 037

                         Reprodução Web

Em 13 de janeiro de 1965, um jornal parisiense noticiava o seguinte: “A cantora Mick Micheyl, acaba de ser contratada para atuar na próxima revista do Cassino de Paris. Agora, porém, é acusada e exercer ilegalmente a medicina.”

Em geral Mick escreve os versos e compõe as músicas das canções que interpreta. Além de cantar, possui o dom de curar por meio de imposição das mãos.

“Eu tenho eletricidade benéfica nos dedos – afirma Mick- não vejo por que não hei de fazer com que os meus semelhantes aproveitem esse meu dom.”

Há anos, o famoso médium francês Henri Fromberg, também perseguido, por suas curas, pela justiça  francesa, revelou a Mick que ela possuía o dom de curar. Logo esta começou a impor as mãos aos seus colegas, no mundo dos espetáculos. Afirma-se que curou a locutora da televisão francesa, Jacqueline Joubert, que há muito sofria de descalcificação óssea, e os atores Michel Simon, Jeanne. Souza e Jeanne Fusier-Gir. Todos lhe eram reconhecidos e lhe pediam que auxiliasse, cada vez mais, as pessoas atormentadas pelas doenças. Por isso, a cantora começou a curar as pessoas pobres do bairro em que vivia. Contam que se juntavam enormes multidões na escada do prédio onde morava.

Tão grande foi o êxito, que Mick alugou uma sala de reuniões, ( … ) para receber os enfermos que buscavam alívio para os seus males, além de realizar, de permeio, algumas expressivas experiências psíquicas. A Ordem. dos Médicos de França impressionou-se com as curas alcançadas pela jovem médium. Pediu, então, a intervenção da Justiça, e a cantora viu-se, de uma hora para outra, acusada de exercício ilegal da medicina e de organização de sessões de cura por meio do magnetismo. Compareceu ao Tribunal, que a interpelou pelas vias judiciárias, onde declarou perante o Juiz e numerosa assistência: Nunca pedi dinheiro nenhum, pois sequer preciso dele. ” – acrescentando: – “Agi por caridade, para aliviar os meus semelhantes, desenganados pela medicina. Não compreendo por que me acusam agora”.

Tantos foram os que se ofereceram como testemunhas de defesa que o Tribunal, levando-as em consideração, terminou por isentar Mick Micheyl das imputações que lhe fazia a Ordem dos Médicos da França.

A revista “Fraternidade”, que se edita em Lisboa, expendeu os seguintes comentários sobre o rumoroso caso da médium francesa:

“Há efetivamente faculdades fundamentadas no Magnetismo vital de certas pessoas que curam por atuação normalizadora nos distúrbios dos órgãos do corpo humano. E será crime tais criaturas curarem? São estes e outros conceitos que hão de fazer passar a sociedade deste século (XX) por uma crítica mordaz aos olhos da sociedade esclarecida do século que se aproxima (XXI).

Muito terão de dizer os homens de amanhã sobre tanta ignorâncias dos pseudo-sábios de hoje.”

Comentamos:

Grande artista francesa e médium curadora.
A Ordem dos Médicos de França formou processo contra ela e solicitou a intervenção da justiça.
Levada ao Tribunal, declarou que jamais tinha recebido dinheiro pelas curas que seus “passes” realizavam.
As testemunhas a seu favor. eram tantas que o Juiz lhe deu ganho de causa.
Foi mais uma vítima do materialismo, dos que só cuidam dos seus interesses materiais.

 

 


Pedimos vênia à Diretoria da FEB para transcrever alguns lances do primoroso livro do escritor, Carlos Bernardo Loureiro “As Mulheres Médiuns”, tendo em vista sua importância literária, que nos mostra o sacrifício de algumas médiuns, de valor incontestável, na época em que o Espiritismo começava a lançar raízes no mundo em que vivemos.

 

Fonte: Em Prol da Mediunidade

Pequena História do Espiritismo de Henrique Magalhães



 

 

CONTATO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...