Honra ao Mérito

Sobre

Apresentação:   Henrique Magalhães                          Read more

ATIVIDADES

[caption id="attachment_13523" align="aligncenter" width="550"] Foto divulgação CMP   A administração da Instituição dispõe de diversas atividades, a saber:   Reprodução Web A Instituição Maria de Nazareth “Casa da Mãe Pobre” é uma Obra do Bem Read more

CONTATO

  Entre em contato conosco Powered by 123FormBuilder | Denunciar abuso (021) 98849-5214 CASA DA MÃE POBRE, Rio de Janeiro, RJ » Read more

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Política de privacidade para INSTITUIÇÃO MARIA DE NAZARETH,  CASA DA MÃE POBRE Todas as suas informações pessoais recolhidas, serão usadas Read more

CONVITES, EVENTOS

Sem programação!

henrique
Foto: Acervo CMP
Henrique Magalhães
(Henrique Alves da Cunha Magalhães)

Parecia ter chegado o momento de inflexão!  Já em desespero, o jovem Henrique, empenhado ao extremo para salvar a vida de sua pequenina filha, anuiu em submetê-la a um tratamento espiritual, fé que antes repudiara veementemente; para seu espanto, um prolongado tratamento homeopático e uma interminável sequência de passes magnéticos, prescritos em uma reunião espírita, começavam a dar bons frutos, resultando finalmente numa inesperada e “milagrosa” cura; o que o fez procurar, de início apenas por curiosidade, um melhor conhecimento daquela crença, o que fez através da atenta leitura da terceira das cinco grandes obras de Allan Kardec: “O Evangelho segundo o Espiritismo” – “compreendi o quanto estava distanciado de Jesus e de Deus, aprisionado no egoísmo…” (Henrique Magalhães).

selo 75 anosAinda nas palavras de Henrique, extraídas de uma entrevista que deu à revista “Reformador”; por ocasião das comemorações de seu centenário (4 de setembro de 2000):   “Por volta de 1937, já tendo abraçado a Doutrina Espírita com convicção e denodo e, sobretudo, com uma enorme gratidão, recebi do Plano Superior, pelo Espírito do Doutor João de Freitas, a missão de criar uma Instituição de assistência material e espiritual da infância desvalida, de gestantes sem recursos e de velhinhos e velhinhas que não mais podiam prover os seus próprios sustentos; em 1940, um dia antes de completar 28 anos de permanência em minha nova Pátria, o Brasil, tive a alegria e felicidade de fundar, sob a orientação e proteção do Plano Superior e junto com um grupo de idealistas e abnegados, a “Casa da Mãe Pobre”, na qual fui sempre um modesto trabalhador.

Em 1946 Henrique Magalhães substituiu o Doutor Coriolano de Góis, o primeiro presidente da Instituição, cargo em que é foi mantido até seus últimos dias, trabalhando diuturnamente, sempre desde as sete horas da manhã, por tantos desvalidos quantos sejam os que o procuravam.

A Instituição Maria de Nazareth – “Casa da Mãe Pobre” administra hoje diversos abrigos de idosos no Rio de Janeiro e em Teresópolis, creches, grupos espíritas e escola de ensino fundamental, além de um complexo formado por ambulatórios, responsáveis pelo acompanhamento de gestantes (pré-natal), e pelo tratamento pós-parto, tanto da mãe como do recém-nascido. Seguramente a Instituição protegeu e cuidou de centenas de milhares de nascimentos, todos tratados de forma gratuita, “em nome de Deus e de seu Filho Jesus”.

Seus livros: A Casa da Mãe Pobre – 50 anos de amor e  Em Prol da Mediunidade.  Como fundar e manter obras assistenciais,  além de ter destinada a totalidade de seus lucros às obras assistenciais, são testemunhos de sua saga de mais de seis décadas de dedicação exclusiva a caridade, ao amor pelos velhinhos e velhinhas abandonados, dos quais cuida com imenso carinho, aos órfãos e crianças pobres que ajuda a educar, vestir e alimentar e as gestantes e mães pobres, às quais dá um tratamento digno das melhores instituições.

 


PERSONALIDADESSERSONALIDADES

Às 6 horas do dia 2 de julho de 2004, retornou ao mundo espiritual, estando para completar 104 anos de uma existência toda dedicada à caridade, o Espírito de nosso muito querido companheiro Henrique Magalhães.

Seu corpo foi velado, durante o dia 2, na sede da Instituição Maria de Nazareth – Casa da Mãe Pobre -, na rua Frei Pinto, 16, para onde afluiu uma legião de amigos e de beneficiários de sua abençoada obra, ocasião em que a Casa de Ismael se fez representar por seu Diretor Lauro de O. São Thiago e pelo ex-Presidente Juvanir Borges de Souza.

O enterro se deu no dia seguinte, sábado, no Cemitério do Parque da Colina, em Niterói (RJ), ali comparecendo, em nome da Federação, o Diretor Affonso Soares, que se associou, com breve alocução, às tocantes homenagens que lhe foram prestadas.

Henrique Alves da Cunha Magalhães nasceu em 4 de dezembro de 1900 (quatro meses após o passamento de Bezerra de Menezes), na Freguesia dos Telões, Conselho de Amarante, Distrito do Porto, em Portugal, filho de Manoel Alves da Cunha Magalhães e de Ana Augusta da Cunha Coutinho. Aos 12 anos de idade, na companhia de um casal de primos de sue genitor, embarcou para o Brasil, chegando ao Rio de Janeiro em 11 de novembro de 1912. Até 1920, trabalhou arduamente no comércio para ganhar o pão de cada dia, mas as seqüelas da “gripe espanhola”, contraída em 1919, obrigaram-no a retornar à casa paterna. Durante a viagem a enfermidade cedeu por completo, e Henrique após visitar os pais, regressou ao Brasil, onde se estabeleceu definitivamente. Em 1931, adoeceu novamente, e fixou residência em Teresópolis, onde grassava uma epidemia de meningite. Com a filha mais nova atingida pela terrível enfermidade, Henrique, vendo-a piorar apesar dos desvelos do médico, aceitou a sugestão de obter uma receita homeopática dos Espíritos, não obstante sua aversão ao Espiritismo. Operou-se a “milagrosa” cura e Henrique começou a estudar O Evangelho Segundo o Espiritismo, de Allan Kardec, compreendendo o quanto andava distanciado de Jesus.

Em 1937, o Alto, através do Espírito Dr. João de Freitas, exortou-o a que, juntamente com outros idealistas, empreenda a fundação, em 1941, da benemérita Instituição Maria de Nazareth – Casa da Mãe Pobre, que passou a dirigir, desde quando, em 1946, substituiu seu primeiro Presidente, o Dr. Coriolano de Góis, falecido naquele ano. Sob sua condução, as atividades da Instituição, inspiradas no amor da Mãe Santíssima, expandem-se sob a forma de serviços assistenciais de diversa natureza, prestados em Teresópolis – Creche e Lar Isabel a Redentora, Mansão dos Velhinhos, Grupo Escolar Isabel a Redentora -, e no Rio de Janeiro – Hospital Maternidade e Ambulatório Dr. João de Freitas, Abrigo Sylvia Penteado Antunes e Lar Lucílio Ribeiro Torres, Creche Marieta Navarro Gaio.

 

   Pag…  1  2  3

 

 

Sobre

Apresentação:   Henrique Magalhães                          Read more

ATIVIDADES

[caption id="attachment_13523" align="aligncenter" width="550"] Foto divulgação CMP   A administração da Instituição dispõe de diversas atividades, a saber:   Reprodução Web A Instituição Maria de Nazareth “Casa da Mãe Pobre” é uma Obra do Bem Read more

CONTATO

  Entre em contato conosco Powered by 123FormBuilder | Denunciar abuso (021) 98849-5214 CASA DA MÃE POBRE, Rio de Janeiro, RJ » Read more

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Política de privacidade para INSTITUIÇÃO MARIA DE NAZARETH,  CASA DA MÃE POBRE Todas as suas informações pessoais recolhidas, serão usadas Read more

CONVITES, EVENTOS

Sem programação!