Creche Isabel a Redentora comemora a chega da estação das flores

Creche Isabel a Redentora comemora a chega da estação das flores

Por (Eni) A primavera é uma estação de muita cor, luz,  alegria e prosperidade. As paisagens enchem-se de cores, deixando ruas, campos, parques e jardins com o aspecto alegre Continue lendo >>>

Semana do Folclore na Creche Marieta Navarro Gayo

Semana do Folclore na Creche Marieta Navarro Gayo

Por  (Eni) O nosso país, é dono de uma riqueza cultural incomparável, graças à mistura entre diferentes etnias dos mais variados povos e culturas. O folclore brasileiro é bem Continue lendo >>>

Viva São Pedro e viva São João na Creche Marieta Navarro Gayo

Viva São Pedro e viva São João na Creche Marieta Navarro Gayo

Por (Eni) A festa junina é uma tradição e faz parte da cultura escolar, anima e promove a socialização entre crianças, famílias e professores. Os 75 alunos da creche Marieta Continue lendo >>>

Viva São João e viva São Pedro na Creche Isabel a Redentora

Viva São João e viva São Pedro na Creche Isabel a Redentora

Por (Eni) Neste clima  de muita descontração, alegria e animação, que as criancinhas  da Creche Isabel a Redentora realizou o Arraiá de São João no ultimo dia 27. “Festas Continue lendo >>>

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Divulgação CMP Por (Eni) Com muitas brincadeiras, músicas, danças e presentes as crianças  das Creches Isabel  “a Redentora”  de Teresópolis e Marieta Navarro Gaio sediada em Rio de Janeiro, foram contempladas Continue lendo >>>

 

Category Archives: Em prol da mediunidade

Francisco Cândido Xavier – parte II


Capítulo XXXIII


cxavier

Foto: Acervo CMP
Chico Xavier na adolescência

Um dia, cansado da solidão, João Cândido resolveu casar-se de novo. Encontrara uma mulher excepcional, Dona Cidália Batista. Tão excepcional que exigiu que o marido reunisse os filhos dispersos pelas casas dos parentes e amigos.

Quando voltou para casa, Chico encontrou Dona Cidália de braços abertos. Encorajado, abraçou-a. A intimidade veio rápida. Mas Chico era uma criança estranha. Vivia falando de suas visões, contava como em sonhos se deslocava até lugares de paisagens muito diferentes de Pedro Leopoldo. Mas a madastra era mulher de grande coração, que escondia sob a sua simplicidade um espírito sagaz, carente apenas de instrução.

Francisco Cândido Xavier

ChicoXavier1

Reprodução Web
Francisco Cândido Xavier
(Chico Xavier)


Capítulo XXXIII


Observamos os martírios vividos pelo nosso querido irmão – Francisco Cândido Xavier – e a sua habitual compreensão.

Abaixo, transcrevemos maravilhoso artigo sobre a sua vida, estampado no “Mundo Espírita”, pág. 06/07 – maio de 95, a quem pedimos vênia.

“O povo era cordial e conservador. E alheio às imensas mudanças éticas e sociais que se aceleravam em todo o mundo.

Comia seu feijão tropeiro, seu angu com couve, pintava, trabalhava e ia à missa. Que todos eram católicos, reverentes ao senhor vigário, rebanho dócil, que encarava qualquer manifestação do maravilhoso, como travessura do capeta.

Edson Cavalcante de Queiroz – parte V


Capítulo XXXII


Dr_fritz_e_ze_arigo

Reprodução Web

Que o médico que estava acompanhado  a gravidez, tinha asseverado que do seu ventre ia sair uma menina.
  Todavia continuei a manter minha opinião, baseado no conselho da Entidade Espiritual.
O tempo prosseguiu. Meses depois recebi uma carta de Dª  Sônia, informando-me que eu tinha ganho aquele duelo, porque a criança que nasceu foi mesmo um menino.