Creche Isabel a Redentora comemora a chega da estação das flores

Creche Isabel a Redentora comemora a chega da estação das flores

Por (Eni) A primavera é uma estação de muita cor, luz,  alegria e prosperidade. As paisagens enchem-se de cores, deixando ruas, campos, parques e jardins com o aspecto alegre Continue lendo >>>

Semana do Folclore na Creche Marieta Navarro Gayo

Semana do Folclore na Creche Marieta Navarro Gayo

Por  (Eni) O nosso país, é dono de uma riqueza cultural incomparável, graças à mistura entre diferentes etnias dos mais variados povos e culturas. O folclore brasileiro é bem Continue lendo >>>

Viva São Pedro e viva São João na Creche Marieta Navarro Gayo

Viva São Pedro e viva São João na Creche Marieta Navarro Gayo

Por (Eni) A festa junina é uma tradição e faz parte da cultura escolar, anima e promove a socialização entre crianças, famílias e professores. Os 75 alunos da creche Marieta Continue lendo >>>

Viva São João e viva São Pedro na Creche Isabel a Redentora

Viva São João e viva São Pedro na Creche Isabel a Redentora

Por (Eni) Neste clima  de muita descontração, alegria e animação, que as criancinhas  da Creche Isabel a Redentora realizou o Arraiá de São João no ultimo dia 27. “Festas Continue lendo >>>

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Divulgação CMP Por (Eni) Com muitas brincadeiras, músicas, danças e presentes as crianças  das Creches Isabel  “a Redentora”  de Teresópolis e Marieta Navarro Gaio sediada em Rio de Janeiro, foram contempladas Continue lendo >>>

 

Category Archives: Creche “Isabel a Redentora”, Teresópolis, RJ

Otília Diogo

otilia

                      Reprodução Web


Capítulo XXII


A Editora Cultural Espírita Ltda., então com sede na cidade de São Paulo, lançou na década de 60, o livro sob o título “Otília Diogo e a Materialização de Uberaba”, de autoria do jornalista e escritor Jorge Rizzini. É um trabalho sobre a médium mineira da cidade de Andrada, MG, e inicialmente foi publicada pelo jornalista e escritor  Jorge Rizzini. É um trabalho sobre a médium mineira na cidade de Andrada, MG, e inicialmente foi publicada pelo jornalista Salomão  Schuartzman, repórter da revista “Fatos e Fotos”, edição de 3 de agosto de 1963.

Anna Prado


Capítulo XXI


anna-prado

                       Reprodução Web

Entre 1918 e 1921 aconteceram os extraordinários fenômenos de Belém do Pará, sob as expensas da faculdade mediúnica de Anna Prado e controlados pelo Dr. Nogueira de Faria, Elton Bósio e Eurípides Prado, marido da médium.

Em princípio tais fenômenos aparecem como simples comunicações tipológicas, revestindo-se, depois, nas mais variadas formas. Seguem-se, então as moldagens em parafina, efeitos físicos diversos, incluindo notáveis “apports” e, finalmente, materializações de Espíritos. As formações se realizavam de maneira a não deixarem dúvidas, iniciando-se por núcleos brancos, ou nuvens, ou fosforescência, que se alongavam até tomar a forma humana. Punha-se a médium em uma gaiola de ferro, sob rigoroso controle dos dirigentes encarnados das sessões.

Aurora A. de Los Santos de Silveira


Capítulo XX


aurora-a-de-los-santos-de-silv

         Reprodução Web

Aurora A. de Los Santos de Silveira, pioneira espírita uruguaia, nasceu no dia 28 de agosto de 1890, e desencarnou no dia 10 de agosto de 1969, em Montevidéu, república Uruguaia.

Filha de José Fabrício dos Santos, brasileiro, e Petrona Tejera, espanhola, Aurora morava no Departamento de Rivera, na República Oriental do Uruguai, motivo que a levou a cursar apenas um ano da escola primária. Sua vida foi repleta de dificuldades e sacrifícios junto a seus familiares, nos afazeres da agricultura. Desde pequena revelaram-se-lhe fenômenos de vidência, que seus pais procuravam reprimir, por desconhecerem sua verdadeira causa e temerem que ela enveredasse pelo caminho da loucura.