Loja Maçônica Perfeita União 8 nr 70,  entrega presentes a crianças da Creche Marieta Navarro Gayo

Loja Maçônica Perfeita União 8 nr 70, entrega presentes a crianças da Creche Marieta Navarro Gayo

Por (Eni) Foi com ansiedade que as crianças da creche Marieta Navarro Gayo receberam presentes entregues  pela Loja Maçônica Perfeita União 8 nr 70, que fica situada à Rua Continue lendo >>>

Instituição Maria de Nazareth, Casa da Mãe Pobre recebe visita da MV1

Instituição Maria de Nazareth, Casa da Mãe Pobre recebe visita da MV1

Por (Eni) A Instituição Maria de Nazareth, Casa da Mãe Pobre, esteve movimentada em 29 de novembro passado por uma turma de ilustres visitantes do conceituado Colégio MV1 – Continue lendo >>>

Creche Isabel a Redentora comemora a chega da estação das flores

Creche Isabel a Redentora comemora a chega da estação das flores

Por (Eni) A primavera é uma estação de muita cor, luz,  alegria e prosperidade. As paisagens enchem-se de cores, deixando ruas, campos, parques e jardins com o aspecto alegre Continue lendo >>>

Semana do Folclore na Creche Marieta Navarro Gayo

Semana do Folclore na Creche Marieta Navarro Gayo

Por  (Eni) O nosso país, é dono de uma riqueza cultural incomparável, graças à mistura entre diferentes etnias dos mais variados povos e culturas. O folclore brasileiro é bem Continue lendo >>>

Viva São Pedro e viva São João na Creche Marieta Navarro Gayo

Viva São Pedro e viva São João na Creche Marieta Navarro Gayo

Por (Eni) A festa junina é uma tradição e faz parte da cultura escolar, anima e promove a socialização entre crianças, famílias e professores. Os 75 alunos da creche Marieta Continue lendo >>>

Viva São João e viva São Pedro na Creche Isabel a Redentora

Viva São João e viva São Pedro na Creche Isabel a Redentora

Por (Eni) Neste clima  de muita descontração, alegria e animação, que as criancinhas  da Creche Isabel a Redentora realizou o Arraiá de São João no ultimo dia 27. “Festas Continue lendo >>>

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Divulgação CMP Por (Eni) Com muitas brincadeiras, músicas, danças e presentes as crianças  das Creches Isabel  “a Redentora”  de Teresópolis e Marieta Navarro Gaio sediada em Rio de Janeiro, foram contempladas Continue lendo >>>

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Natal das Crianças nas Creches Isabel “a Redentora” e Marieta Navarro Gaio

Divulgação CMP Por (Eni) Com muitas brincadeiras, músicas, danças e presentes as crianças  das Creches Isabel  “a Redentora”  de Teresópolis e Marieta Navarro Gaio sediada em Rio de Janeiro, foram contempladas Continue lendo >>>

Creches realizam festa de encerramento do ano letivo na Casa da Mãe Pobre

Creches realizam festa de encerramento do ano letivo na Casa da Mãe Pobre

Por (Eni)    Com o apoio da Casa da Mãe Pobre, as creches da Instituição Maria de Nazareth realizaram na tarde do dia 8 de dezembro (sábado),  a festa Continue lendo >>>

Creches da Casa da Mãe Pobre comemoram o dia das crianças

Creches da Casa da Mãe Pobre comemoram o dia das crianças

Creche Marieta Navarro Gayo e  Creche Isabel a Redentora, promovem festa em homenagem às crianças. Por (Eni) Num clima bastante animado e descontraído, as Creches Marieta Navarro Gayo e Continue lendo >>>

 

Amós, o Profeta Leigo


 


Reprodução Web

Amos_3

Reprodução
Profeta Amós

Ao receber seu divino chamado, Amós deixou Judá para ir a Israel, provavelmente sediando seu trabalho em Betel, onde estava localizado o principal templo de adoração do bezerro e palácio de verão do rei. Lá, ele denunciou a adoração do bezerro. Amazias, o sumo sacerdote idólatra, opôs-se a ele e o acusou perante o rei como sendo um perigoso conspirador.

Essa é a vida de um profeta. Chamado pelo Senhor para dar uma mensagem, mas sofrendo oposição de quase todos os lados pelos que (supostamente) estavam trabalhando para o mesmo Senhor. Amós provavelmente teria achado mais fácil ser vendedor de seguros de vida do que ser um profeta (apesar de que alguns poderiam discordar, dizendo que, em alguns aspectos, os trabalhos não são tão diferentes assim).
 
Sua tarefa não foi fácil, especialmente no ambiente em que foi chamado a cumpri-la. Só compreendendo o tempo de seu ministério é que podemos entender por que seu nome significa “ portador de fardos”, pois esse servo fiel do Senhor com certeza tinha fardos para carregar.
 
Deus chamou Amós para testemunhar a um povo que sentia tranqüilidade e bem-estar. Ele não era “ ninguém” aos olhos dos poderosos. Mas ainda assim, Deus lhe confiou a tarefa de levar uma mensagem de arrependimento para Seu povo. Como cristãos, Deus nos encarrega de testemunhar para as pessoas ao nosso redor. Devemos ajudar nossos amigos e vizinhos a reconhecer sua necessidade e procurar supri-la a fim de firmarem um relacionamento pessoal com Cristo.
 
O Profeta não Profeta- (Amós 1:1; 7:14)- Foi um grande salto- ele colhia figos de sicômoro e tratava de animais, e passou a coloca-se á frente a elite política e religiosa da nação, denunciando seus pecados e advertindo sobre os juízos de Deus. O que piorou ainda mais a situação para Amós foi que aquela era uma época de riqueza e prosperidade nacional, quando ninguém queria ouvir as previsões de desastre de um alarmista.
 
Leia o que estes versos revelam sobre a fonte de sua autoridade e poder (Amós 1:3,6 e 9).
Deus o chamou- isso era tudo que importava. “Eu não sou nenhum profeta, nem filho de profeta”. Os filhos dos profetas eram aqueles jovens formados nas escolas dos profetas, fundadas por Samuel. Em outras palavras, ele não era um “profissional” , mas isso não o amedrontou.
 
O profeta Amós não é o mais importante no livro de Amós. São mais importantes Deus e Sua mensagem. É a mensagem que faz o mensageiro, e não o inverso. Os que foram chamados para o privilégio de levar essa mensagem devem lembrar-se de que nada são sem a mensagem. A autenticidade da proclamação não surge da qualificação do profeta, mas da percepção de que ‘”o Senhor, o Soberano, falou”.
 
A mensagem de Amós é a mesma que ecoou por todas as épocas: Deus existe!
 
Como eram os tempos nos dias de Amós? Tanto Judá como Israel estavam passando por prosperidade sem paralelo, tendo sido derrotados os seus inimigos, poderia esperar-se que o povo do concerto vivesse em harmonia com o Senhor, que sempre os lembrou: “Eu mesmo tirei vocês do Egito, e os conduzi por quarenta anos no deserto” (Amós 2:10). Porém, prosperidade econômica não garante maturidade espiritual, responsabilidade moral nem social. Os ricos ficavam mais ricos, e os pobres ficavam mais pobres, de tal forma que a nação se tornou espiritualmente fraca e moralmente corrompida (Amós 2:6 e 7). E, o que é pior, eles nem mesmo percebiam suas deficiências.

 Pag…  1  2

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pages: 1 2