A primeira Secretaria da “Casa da Mãe Pobre”

rsenfurtado

Reprodução Web


 


Nunca é demais lembrar os trabalhos realizados por Nilo Silva. Desde que assumimos a responsabilidade de coordenar esforços para ser fundada a Maternidade “Casa da Mãe Pobre”, o querido Nilo sempre esteve ao nosso lado, incentivando-nos ao trabalho santo.

No princípio, enquanto o restante da Diretoria estava indecisa e sem ação, era de ver-se o Nilo Silva procurando empurrá-la para a frente, e as advertências foram tantas que também nos vimos na contingência de sairmos de nossa residência de madrugada para nos encontrarmos com alguns amigos vendedores de cereais de casas de atacado.

Dia após dia, de segunda a sábado, saíamos com um desses amigos e assim vasculhamos todo o Rio de Janeiro e subúrbios, angariando sócios contribuintes para a nossa Instituição, o que serviu de rumo para empreendimentos futuros.

Aquele embalo também serviu para entusiasmar ainda mais o Nilo, que saiu a pedir jornais velhos, utensílios usados, móveis em desuso, garrafas vazias e tudo que representasse algum valor.

A primeira Secretaria da Instituição funcionou na casa do Nilo, na Rua Senador Furtado nº 131, no Maracanã. Era lá que o nosso amigo guardava as quinquilharias que arranjava.

Quando compramos o prédio da Rua Frei Pinto 16, RJ, em pouco tempo ele estava entulhado de bugigangas. Uma das filhas do Nilo, a Inês, desempenhava o cargo de Secretária, nas horas vagas, a título gratuito.

Quando faleceu a proprietária do prédio da Rua Ibituruna nº 81, foi o Nilo que meteu na nossa cabeça a idéia de a Instituição comprar a propriedade.

Com o seu auxílio e muito esforço, a Instituição comprou o importante imóvel, que, vendido mais tarde, proporcionou recursos que nos possibilitaram dar um grande salto à frente, expandindo nossos serviços assistenciais.

Ao nosso querido e sempre lembrado irmão Nilo, que fez do seu próprio lar a primeira Secretaria da Maternidade “Casa da Mãe Pobre”, nossas expressivas homenagens e gratidão.


 


ri_1

CMP

 

Fonte: Livro Casa da Mãe Pobre 50 anos de amor de Henrique Magalhães

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Top Postagens Mãe Pobre

2 Responses to A primeira Secretaria da “Casa da Mãe Pobre”

  1. Marcus Hoyer says:

    Sou fotógrafo de casamento, mas estou buscando expandir meu negócio e tenho interesse em atender ao público das gestantes com ensaios e dos bebês com fotografia NewBorn. Para isso estou oferecendo um ensaio gratuito para quem esta como gestante entre o oitavo e nono mês de gravidez e para quem já tem seu bebê com até 30 dias de nascimento, peço apenas que a pessoa assine um termo de uso das fotos para divulgação do meu trabalho. Alguns dos trabalhos deve ser divulgados no instagram abaixo:

    https://www.instagram.com/marcushoyerbr/?hl=pt-br

    Atenciosamente,
    Marcus Hoyer
    Hoyer Fotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by WordPress  |  iCommunity theme by FlexiThemes
Pular para a barra de ferramentas